segunda-feira, 1 de setembro de 2008

Toi et Moi



Em um beijo roubado viajo em ondas de loucura,
O sabor do pecado invade meu doce infinito e
Com o gosto do prazer me perco na tua lama.



Meu doce pecado! Atiro meu corpo no teu corpo.
Entrego meu coração para teu coração
Minha alma! Deixo dona da tua alma.



E em prantos entorpeço-me de teu corpo
Com o ópio da tua saliva me deleito em doce mel:
Tua presença.



E no calor dos teus lábios derreto o meu viver
Aquece tua loucura com meu sabor
Do teu sabor úmido.



Meu corpo se esvai em luxuria
Com a seiva da tua seiva que me sacia em prazer.



Tu és meu alimento.


Diogo França.

4 comentários:

gustavo disse...

HamEHHHH!!!
O tom de sentimentalismo continua o mesmo...
POr isso, que gosto de ler... hehehe

Abraçossss ^^

Paulo disse...

Coisinha mais linda do mundo!!! axo q veio d outro planeta mesmo! ou q é fruto de minha fértil imaginação! texto perfeito mesmo;..."Alimento da Alma"...dispenso comentários!!!
bjo

Netto disse...

Romântico, profundo, mto bom o texto! ^^ te add la no meu! ;*

Flavinha Roberta disse...

Lindooooooooooooooooooooooo
^^
lindo lindo, há dias naum passava por aqui e quando entro me deparo com um texto lindo e uma foto 'MARA' hehe
jux querido
=**